Satélite Brasileiro Contra Espionagem : Geoestacionário de Defesa


Brasil lança satélite de defesa

A Força Aérea Brasileira anunciou em janeiro de 2015 que o satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC) completou sua revisão de projeto e recebeu a aprovação para a fabricação.

O SGDC é o primeiro satélite brasileiro contra espionagem a ser totalmente controlado por institutos brasileiros. Todos os seus sistemas e subsistemas foram inspecionados durante uma revisão. O satélite de 5,8 toneladas será lançado no segundo semestre de 2016 e orbitar a 35.786 quilômetros acima da superfície da terra. Ela terá uma vida útil de 15 anos e proporcionar canais de comunicação exclusivos militares. O satélite terá capacidade total de transmissão de dados de 50 a 60 Gbps.

O satélite também vai facilitar a implementação do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), trazendo comunicação de qualidade para as regiões mais remotas do Brasil, que ainda dependem de rotas de fibra óptica. O seu programa de design e controle também chamado de transferência de tecnologia, permitirá ao Brasil disseminar a tecnologia em várias áreas internas – especialmente para a indústria de defesa.

A revisão do projeto aconteceu em Toulouse, França. Especialistas da Telebrás, o Ministério da Defesa do Brasil, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), a Agência Espacial Brasileira (AEB) e a empresa Visiona participarticiparam doprocesso de revisão.

O Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas está sendo construído em Cannes, na França, pela Thales Alenia Space (TAS), empresa franco-italiana. O investimento total do projeto é de R$ 1,7 bilhão, oriundos do orçamento do Governo Federal.

Satélite Brasileiro Contra Espionagem 3

Satélite Brasileiro Contra Espionagem 2



Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *